A visualização de capilares periungueais documenta condições da microcirculação.

 O procedimento consiste na observação direta dos capilares da região periungueal por meio de microscópio – e, portanto, de forma não-invasiva –, com documentação digital das imagens.

A capilaroscopia é de grande utilidade na avaliação de portadores de fenômeno de Raynaud, podendo auxiliar o especialista no diagnóstico de doenças reumáticas auto-imunes, como esclerodermia, dermatomiosite e doença mista do tecido conectivo. Embora seja um exame de simples realização, a interpretação dos achados depende bastante da experiência do médico que a executa.

CAPILAROSCOPIA